Itália reabre fronteiras para viagens internacionais e confirma data de salão náutico em Gênova

0
363

A Itália reabriu suas fronteiras internacionais na semana passada, permitindo viagens entre dentro do país e do exterior. Os visitantes da União Europeia, dos países do Acordo de Schengen e do Reino Unido agora podem entrar no país sem ter que passar por 14 dias de auto-isolamento – um requisito para chegadas de todas as outras nações até 15 de junho.

Algumas regiões italianas, como Sardenha, Sicília, Apúlia e Lácio, pedem aos visitantes de seu território que registrem sua presença para monitorar as entradas. Os visitantes terão que se registrar on-line ou por aplicativo, fornecendo seus dados pessoais.

A Confindustria Nautica, associação italiana da indústria náutica, comemora a flexibilização das medidas, acrescentando que a edição 2020 do Genoa International Boat Show será realizada de 1º a 6 de outubro com precauções extras de segurança.

LEIA TAMBÉM
>>NÁUTICA Live revela: com a reabertura da economia, o setor náutico será um dos primeiros a reagir
>>O Zipper Ship é exatamente o que você está pensando: um barco em forma de zíper
>>Nova expedição ao Titanic procurará telégrafo que emitiu o pedido de socorro

“Diante das circunstâncias atuais, será adotado um plano com medidas extraordinárias para a edição 2020 do evento, visando o desenho de um layout flexível que possa ser adaptado aos diversos cenários”, afirma a associação. “Essa estrutura, que pode ser enriquecida por outras iniciativas, garantirá as condições mais seguras para a organização e gestão do evento e para receber visitantes e expositores.”

Na Itália, o uso de máscaras é obrigatório em espaços públicos, no transporte público, quando não é possível o distanciamento social de 1 metro e em carros particulares para não-coabitantes (máximo de três pessoas por carro). O auto-isolamento é solicitado com uma temperatura corporal acima de 37,5 ° C.

Em termos de atividades marítimas, a navegação é permitida com as seguintes novas diretrizes emitidas pelo Ministério dos Transportes da Itália:

Barco de recreio e aluguel de barcos

  • A responsabilidade individual dos usuários continua sendo o fator-chave na aplicação a bordo das medidas gerais de distanciamento social (1 milhão de pessoas não-coabitantes);

  • Os indivíduos podem compartilhar a mesma cabine se morarem na mesma casa;

  • Equipamentos de proteção individual devem ser usados ​​durante os procedimentos de atracação e assistência na doca, abastecimento de combustível, colocação de velas, etc;

  • Para barcos fretados, a higienização da embarcação após cada troca de convidados é obrigatória.

Fretamento com tripulação

  • Medidas adicionais incluem a higienização regular das áreas da tripulação e a obrigação de a tripulação ser testada para Covid-19 antes do embarque e verificar a temperatura corporal diariamente. Terceiros não estão autorizados a acessar barcos fretados.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

 

Teste Ventura V195 Crossover – 19/03/2020