Estaleiro cearense lança divisão de superiates e novas colaborações de design

0
1062

Como parte do lançamento da divisão de superiates da empresa, a INACE divulgou detalhes de dois novos projetos de iates exploradores. As séries Explora e Aventura foram criadas em colaboração com os ​​estúdios HydroTec, Hot Lab, Guida Design e Fernando de Almeida Design.

A empresa também confirmou que um modelo Explora 145 está sendo desenvolvido para um cliente recorrente. O projeto de 44,1 metros inclui um camarote principal no convés superior, um segundo no convés principal à proa, quatro camarotes de hóspedes no convés inferior e um grande convés aberto na popa. O modelo deverá ser equipado com motores Caterpillar C32 gêmeos. Projetada pela HydroTec, a série INACE Explora também está disponível nos modelos de 90, 127, 131 e 165 pés.

LEIA TAMBÉM
>> As 7 dúvidas mais frequentes sobre a escolha do cabo adequado para um barco
>> Primeiro museu subaquático do hemisfério sul é inaugurado na Austrália
>> Marinha alerta para ventos de até 60 km/h na faixa litorânea de estados do Nordeste

A série Aventura, disponível nos modelos 100, 125, 135 e 147 pés, foi projetada pelo Hot Lab. O design clássico para o iate compacto de três andares é marcado por linhas e espaços interiores e exteriores fluidos, incluindo um salão no convés superior e uma piscina.

“INACE construiu mais de 660 embarcações desde que foi fundada em 1968. Entre esse vasto portfólio, construído para clientes globais exigentes, há 45 iates de longo alcance vendidos a clientes aventureiros em todo o mundo – a maioria deles ainda em operação hoje”, disse Flavio Constantino, diretor do INACE Superyachts. “Agora, INACE Superyachts aproveita a experiência estabelecida do estaleiro na construção de embarcações confiáveis, navegáveis ​​e de longo alcance para oferecer a próxima geração de iates exploradores de luxo, desenvolvidos em colaboração com empresas internacionais de design e arquitetos navais de classe mundial para atender às necessidades e desejos dos proprietários de hoje; especificamente, áreas de estar maiores e cascos mais eficientes”.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

FS Yachts