Ilhabelense e gaúcho lideram 47º Campeonato Brasileiro de Optimist

0
911
Foto: Aline Bassi

Mais um dia de sol forte e vento médio em Ilhabela, enquanto o 47º Campeonato Brasileiro de Optimist já chega na metade. Nesta quinta-feira foram realizadas duas regatas para os Veteranos, que já completaram seis, tanto na flotilha azul quanto na amarela, e mais duas para os estreantes, que fizeram quatro regatas até o momento e definirão seu campeão nesta sexta-feira. Gustavo Glimm, do Veleiros do Sul, assumiu a liderança dos Veteranos, enquanto Erik Scheidt, da Escola de Vela Lars Grael, segue em primeiro entre os estreantes. A competição segue até o dia 15 na Escola de Vela Lars Grael, no Pequeá, e é aberta ao público.

Na água, além dos 220 velejadores, estão os técnicos – 40 no total – e ao menos 20 botes tripulados por pais e mães. Os pais têm papel fundamental no apoio dos velejadores antes e depois da regata, não só na hora de montar o barco, saber a programação do dia, mas também dar apoio moral entre uma prova e outra.

“Acompanhar a filha na água é uma experiência diferente, por que quando estamos em terra a notícia vem pelo celular e quando estamos na água dá para saber o que aconteceu na regata toda. No início ela nunca quer que eu vá, mas depois quando acaba a regata sempre vem perguntar como é que foi”, disse Gastão Furlin, pai da Brenda Furlin, do Iate Clube de Santa Catarina.

Mas nem sempre os pais conseguem ir para a raia ver seus filhos. “É uma agonia ficar em terra enquanto ele vai para a água. A mãe ficou em casa passando mal. Mas o que eu sempre falo é para ele ir e se divertir. Eu ajudo ele a desmontar o barco por que sei que deve estar cansado depois da regata, passou o dia debaixo de sol muito quente, mas acho que é ele quem tem que cuidar do barco, montar do jeito que ele gosta”, disse Renan Alves, pai do Felipe Alves, do Clube de Regatas Guanabara.

“É bom ter meu pai comigo, por que ele está sempre por perto para me ajudar. Ele me apoia, torce por mim”, disse Felipe, que disputa seu primeiro Campeonato Brasileiro.

Para os técnicos essa ajuda é sempre benvinda, mas tem que haver um limite. “Eu sou privilegiado, não tenho problema com os pais da minha flotilha, mas isso vem desde a escolinha. Ensinamos que é importante dar autonomia para que a criança aprenda a montar e desmontar o barco, fazer tudo o que tem que fazer com a ajuda do treinador. Na escola os pais já não podem ajudar muito e quando chega no campeonato eles acabam ficando bastante ansiosos, mas, junto com o capitão de flotilha, conseguimos não deixar esse nervosismo influenciar nas crianças. Ao mesmo tempo é importante saber que podemos contar com os pais caso aconteça alguma coisa”, disse Geison Mendes, técnico do Veleiros do Sul.

No final do dia, os velejadores e os pais presentes na Escola de Vela Lars Grael puderam participar de um bate papo com os medalhistas olímpicos Robert Scheidt e Bruno Prada, com direito a sorteio de brindes.

LEIA TAMBÉM
>>Rio Boat Show 2019 contará com pisos náuticos da Kapazi
>>Os novos superiates deixaram de ser mansões para se tornarem spas flutuantes
>>Silent Yachts S55 será o primeiro iate movido a energia solar na Ásia

Resultados:
Veteranos

  1. Gustavo Glimm, VDS, 14 pontos perdidos
  2. Nicolas Halles, CHI, 20 pp
  3. Bernardo Martins, ICRJ, 21 pp
  4. Benjamin Guzman, CHI, 22 pp
  5. Erick Carpes, VDS, 23 pp

Estreantes

  1. Erik Scheidt, Ilhabela, 4 pontos perdidos
  2. Davi Neves, ICSC, 9 pp
  3. Ian Borgstrom, Ilhabela, 11 pp
  4. Eduardo Almeida, ICRJ, 19 pp
  5. Milena Araujo, CICP, 20 pp

A programação do 47º Brasileiro de Optimist é intensa, com as regatas dos Veteranos que seguem até o dia 15, sempre a partir das 13h. O evento é classificatório para o Sul-Americano, que será disputado em Algarrobo, no Chile, em abril. Nesta sexta-feira será realizado o Campeonato Brasileiro de Optimist por Equipes, uma disputa entre estados, com 16 equipes participantes e um formato eliminatório. A Copa Brasil de Estreantes também chega ao fim e os dois eventos terão premiação a partir das 19h na Escola de Vela Lars Grael. As regatas podem ser acompanhadas em tempo real pelo canal Vela Viva no Youtube, Facebook e Whatsapp pelo número (11) 94158-2468. Os resultados podem ser vistos no aplicativo APVela (disponível para Android e iOS).

11/01
10h: Campeonato Brasileiro por Equipes
13h: Regatas Copa Brasil de Estreantes
19h: Premiação do Brasileiro por Equipes e da Copa Brasil de Estreantes

12/01
Dia livre

13/01
13h: Regatas Brasileiro de Optimist

14/01
13h: Regatas Brasileiro de Optimist

15/01
13h: Regatas Brasileiro de Optimist
20h: Cerimônia de encerramento e premiação

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones