Ícone da vela brasileira está confinado em marina no Caribe

0
412

Ícone da vela brasileira — ele foi o nosso primeiro medalhista de ouro em Jogos Olímpicos; em Moscou-1980, competindo na classe 470, subiu ao lugar mais alto do pódio ao lado de Marcos Soares —, Eduardo Penido está vivendo uma experiência diferente, por conta do coronavírus. Ao lado da também velejadora Inge Penido, com quem está casado há 35 anos, Eduardo velejava pelo Caribe quando foi surpreendido pelas medidas de isolamento anunciadas pelas autoridades de saúde para evitar a propagação da Covid-19.

Há mais de um mês, os dois estão confinados na marina do Yacht Club Port de Plaisance, em St. Maarten. Inicialmente, não podiam sequer sair do barco. Depois da quarentena de 14 dias, receberam autorização para circular pelo cais da marina, uma área de cerca de 500 metros de extensão. “St. Maarten é a nossa base no Caribe. É o terceiro ano que a gente vem pra cá. Mas, desta vez fomos pegos nessa confusão causada pela pandemia. Nenhum barco entra. Alguns até saem. Mas ainda há muitas ilhas que proíbem a entrada. Se sairmos, não poderemos voltar. Então, estamos esperando o tempo passar”, conta Eduardo.

A expectativa é de zarpar no fim de maio. Enquanto a hora de soltar as amarras não chega, eles se dividem entre as obrigações de velejadores (manutenção do barco) e os cuidados pessoais. “Nossa rotina consiste em fazer exercícios físicos pela manhã e em zelar pelo barco à tarde. O convés já está até gastando, de tanto a gente esfregar”, ri.

Com preparo físico privilegiado, Inge correu uma meia maratona no cais. “Ela fez 21 quilômetros, ao lado de tripulantes de um outro barco”, diz o medalhista olímpico. De sua parte, Eduardo se limita a caminhar. “Só temos um dia para sair da marina, que é segunda-feira, quando fazemos compras num mercado. Isso agora. Porque ficamos três semanas sem sair do barco. Para o pessoal que está fundeado, só resta ficar a bordo mesmo”, explica. O que serve de consolo é que a vista é maravilhosa. St. Maarten é uma ilha especial. Uma espécie de filial terrestre do paraíso celestial.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Schaefer770