Iate de Eike Batista é arrematado por R$ 14,4 milhões

0
3038
Foto: Divulgação

O iate que pertencia ao empresário Eike Batista e que foi apreendido pela Operação Lava Jato foi vendido por R$ 14,4 milhões em leilão nesta terça-feira (18). A embarcação estava avaliada em R$ 18 milhões, mas como não recebeu nenhuma oferta no primeiro leilão na última quinta-feira (13), o valor teve um desconto de R$ 3,6 milhões.

Somente uma pessoa apareceu para fechar o negócio em apenas sete minutos, segundo o leiloeiro Renato Guedes. No total, foram 3 026 visitas no site do leilão onde o iate estava exposto.

Fotos: Reprodução

LEIA TAMBÉM

>>Salão náutico alemão completará 50 anos em 2019
>>Yamaha anuncia estratégias de crescimento a médio e longo prazo
>>Azimut-Benetti fica em primeiro lugar no Order Book

Com capacidade para 21 passageiros, embarcação Pershing SPA 115 tem salas, cozinha, espaço para guardar dois jets e quatro camarotes, incluindo duas suítes, uma delas com sauna e closet. A embarcação é equipada, ainda, com sistema de som MP3, vídeo e uma TV LCD de 67 polegadas.

Em desuso há um bom tempo, o futuro proprietário terá de fazer serviços de manutenção corretiva e de conservação do casco do iate. Também será preciso buscar a Capitania dos Portos para emissão da documentação necessária para a navegação, que não é renovada desde 2016. As taxas e os impostos vêm sendo pagos anualmente.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones