Jamaicano é resgatado após ficar à deriva por mais de 30 horas no Atlântico

0
896

O jamaicano Orville Lyons foi resgatado na última sexta-feira, 12, com a ajuda de um grupo de pescadores próximo a Fort Pierce, cidade da Flórida, Estados Unidos, após passar 36 horas à deriva no Oceano Atlântico.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

De acordo com informações do UOL, Orville navegava com outras seis pessoas – dois bahamenses, três guianenses e um jamaicano -, até que na noite de quarta-feira, 10, a embarcação virou. Segundo o canal local WPBF, pescadores viram o jamaicano agarrado à única ponta da embarcação que sobrou do naufrágio e logo partiram para o resgate.

Segundo o capitão, o homem disse que havia partido de Bimini, um dos distritos das Bahamas, e planejava ir aos Estados Unidos. “Sua pele estava realmente queimada. Suas roupas estavam encharcadas de água do mar e de gasolina”, disse Cornell.

Então, os pescadores ofereceram comida e cobertores para Orville enquanto esperavam a chegada de ajuda. Agora, ele está se recuperando do trauma em um hospital.

A Guarda Costeira dos Estados Unidos suspendeu, na segunda-feira, 15, as buscas pelas outras vítimas do naufrágio, já que nenhum deles fora encontrado durante o rastreamento de 140 horas.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

Quickdeck