Versátil, lancha de 36 pés da FS Yachts pode ser usada na prática de wakesurf

0
528

A FS 360 Allure, primeiro modelo com hardtop do estaleiro FS Yachts, com sede em Biguaçú, Santa Catarina, pode até mesmo ser usada na prática de wakesurf, como conta Thales Goulart, que já está na sua sexta unidade da marca. “Eu ando de wake de jet, então, quando tive a primeira lancha, fui adaptando para a melhor prática deste esporte. Colocamos lastro com água para gerar peso. Tenho uma peça, a surf system, que coloco na lateral do barco e auxilia na marola, além da targa reforçada que é colocada pelo estaleiro”, diz Thales.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Com capacidade para 14 pessoas a bordo e pernoite para 2 casais, a lancha possui cabine com 1,95 m de pé-direito e traz design e acabamento característico das lanchas da marca. Um dos pontos altos dessa HT de 36 pés é a visibilidade desde o cockpit e o posto de comando. As grandes janelas, o para-brisa (com limpadores) e a cobertura de vidro do salão dão ao ambiente uma extraordinária sensação de espaço aberto. Além disso, as janelas laterais podem ser abertas, o que é muito bem-vindo em dias chuvosos, quando o teto solar tem de ficar fechado e os vidros exigem ventilação, para não embaçarem.

Leia também

» Teste FS 360 Allure: acabamento de primeira, cabine espaçosa e navegação ágil

» FS 290 Wide é escolhida a lancha de proa aberta preferida pelos seguidores de NÁUTICA no YouTube

» Edição especial comemorativa da lancha de 23 pés da FS Yachts foi um dos destaques do Boat Show

Não à toa, é a preferência de Thales para curtir os finais de semana com a sua família. “As lanchas têm designer sofisticado, são excelentes para navegar e prática de esportes, além de confortáveis para curtir com a família”, afirma. O hardtop tem 1,90 m de altura, o que permite à maioria das pessoas caminhar sem abaixar a cabeça. Por sua vez, as passagens laterais permitem uma circulação de 360º no barco. Seu cockpit é tão espaçoso que, em vez de 36 pés, parece ser de uma lancha de 40 pés. Para isso, o projetista tirou proveito de um truque: o banco do piloto gira para trás, o que aumenta a área de convivência.

Thales Goulart conta, ainda, que costuma usar a lancha para a prática de wake em frente à sua casa na praia da Armação da Piedade, em Governador Celso Ramos, também município de Santa Catarina. “Em frente à minha casa tem uma praia excelente para a prática de wake porque tem vento nordeste que predomina na nossa região”.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Marine Express