Marina norte-americana instala sistema de armazenamento no seco totalmente automatizado

0
694

Siga o nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

A marina Gulf Star, em Fort Meyers Beach, na Flórida, concluiu o que chama de o primeiro sistema de armazenamento no seco totalmente automatizado dos Estados Unidos a um preço de US $ 20 milhões.

Com os Estados Unidos no meio da temporada de furacões, o prédio de 27 717 pés quadrados pode suportar ventos de até 200 milhas por hora, de acordo com relatórios locais e o site da empresa.

A essência da operação depende da tecnologia ASAR – armazenamento e recuperação automatizados – que usa uma série de equipamentos para lançar e retirar barcos em até sete minutos. O sistema pode até realizar tarefas personalizadas como encher um compartimento específico com gelo, por exemplo. Antes da retirada e armazenamento, os barcos são limpos e lavados à moda antiga: à mão.

Leia Mais

>> Operador de marina obtém certificação de Turismo Seguro na Espanha

>> BR Marinas inaugura nova unidade para barcos de até 150 pés em Paraty

>> Governo aprova projeto de nova marina com mais de 200 vagas na Grécia

A instalação de armazenamento a seco pode operar barcos de até 40 pés e, em outro recurso exclusivo, pode acomodar dois de 40 pés ou três de 20 pés por espaço – o que significa que o número total de barcos alojados pode mudar, com base no tamanho dos barcos sendo armazenado.

No que parece ser uma onda do futuro, uma instalação semelhante usando tecnologia semelhante de um fabricante diferente está em construção em Fort Lauderdale. A marina F3 tem uma programação de dry stack totalmente automatizada para 240 vagas a ser concluída até o final do ano para embarcações de até 46 pés.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Teste Ventura V195 Crossover – 19/03/2020