Estudantes franceses embarcarão em viagem de barco pelo Atlântico

0
1131

Quatro estudantes de engenharia da ENSTA ParisTech e Telecom SudParis, na França, irão velejar por um ano pelo Atlântico para uma dupla missão humanitária e educacional. Em agosto passado, eles compraram um Oceanis 40, ano 2009. “Nós nos endividamos para comprá-lo”, explica Paul Thomé, um dos quatro marinheiros. Engajar-nos financeiramente também era uma maneira de começar de uma vez por todas. “Então começou esta bela aventura intitulada ‘4 marinheiros cheios de energia’, diz Thomé.

Na agenda: dois vôos transatlânticos, 11 500 milhas e duas missões de dois meses ao Senegal e ao Haiti. A escolha de uma viagem de barco era bastante óbvia para a equipe, de acordo com Paul Thomé. “O barco é um meio de transporte que nos permite gerenciar todo o nosso consumo (comida, água, eletricidade). Como iremos cruzar o Atlântico, poderemos analisa-lo adequadamente. Isso nos leva ao nosso projeto sobre a transição energética”.

LEIA TAMBÉM
>>20ª Regata Náutica Caras premiará com equipamentos Raymarine
>>Lars Grael confirma presença na 20ª Regata Náutica Caras
>>20ª Regata Náutica Caras premiará os 20 primeiros inscritos em edição comemorativa

Paul Thomé, Charlotte de Fouquieres, Como Houdeville e Camille de Veyrac iniciarão sua viagem em setembro de 2019. Ao longo do caminho, os quatro marinheiros vão parar no Senegal e no Haiti para missões humanitárias mais longas. “No início, quando começamos a pesquisar sobre a viagem de barco pelo Atlântico, percebemos rapidamente que Cabo Verde estava na rota do ‘tradewind’ e que o Senegal era muito próximo”, diz Paul Thomé. “E nesses dois países, Haiti e Senegal, o padrão de vida é relativamente baixo, existe uma necessidade real e não há barreira de idioma. Isso nos permitirá uma troca fluida com a população”.

“Nós também vamos com associações que conhecem o campo, elas nos ajudarão a nos adaptar à população e sua cultura. Ao sermos acompanhados, superaremos mais facilmente os obstáculos que poderíamos encontrar no local”, complementa Thomé. Ainda faltam alguns meses para a equipe aumentar seu orçamento de € 70 mil. Hoje, a equipe está buscando ativamente patrocinadores para doações materiais ou financeiras. Ela também lançou uma premiação participativa intitulada 4 marinheiros cheios de energia.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones