Estados Unidos relata crescimento no setor náutico no último ano

0
556
Foto: Shutterstock

Com o início não oficial da temporada náutica dos EUA neste fim de semana, a Associação Nacional de Fabricantes Marítimos (NMMA) informou que as vendas de novas embarcações aumentaram 4% em 2018 com relação ao ano anterior para 276 000 unidades, o maior nível em 11 anos.

Os gastos gerais com barcos, motores, acessórios e serviços relacionados aumentaram 7% em 2018, em US $ 42 bilhões, o que é um recorde histórico.

Os barcos da Wakesport lideraram a frota com um aumento de 10% em 2018, o que equivale a 10 500 novas unidades. Embarcações pessoais (PWC) – muitas vezes consideradas a “porta de entrada” para a posse de barcos, aumentaram 8%, seguidas pelas vendas de barcos a jato (4%) e cruzadores de 22 pés a 32 pés (3%).

LEIA TAMBÉM
>>Solara é uma das empresas confirmadas para o próximo São Paulo Boat Show
>>São Paulo Boat Show contará com embarcações da Armatti Yachts
>>São Paulo Boat Show 2019 é lançado na capital. Veja fotos

As vendas de barcos com motor de popa aumentaram em 177 600 unidades, ou 3%, refletindo a mudança do setor.

“As vendas de novos barcos e despesas de navegação têm aumentado consistentemente por oito anos, com alguns segmentos atingindo volumes de vendas pré-recessão”, disse Thom Dammrich, presidente da NMMA, em um comunicado. “Com a confiança do consumidor alta, o desemprego baixo, os salários em alta e as taxas de juros mantidas, prevemos que o mercado de barcos de recreio permaneça saudável no próximo ano, com crescimento modesto de até 2% nas vendas da nova unidade de motorização em 2019.”

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones