E que recorde!

0
702

O navegador francês Armel Le Cléac’h entrou para história da vela oceânica. O velejador quebrou recorde de solitário a bordo do  trimarã Banque Populaire da Rota da Descoberta. A regata, de  3.884 milhas  entre Cádiz, Espanha e San Salvador, nas Bahamas, foi feita em 6 dias, 23 horas, 42 minutos e 18 segundos. Além de fazer tudo a bordo, o francês conseguiu imprimir média de 23,16 nós de velocidade. O recorde anterior era do compatriota Francis Joyon, com 8 dias 16 horas e 07 minutos.

Além disso, Armel Le Cléac’h quebrou o recorde de singradura, ou seja, milhas velejadas em 24 horas com 682. “Conseguir atravessar o Atlântico em menos de uma semana é genial. Com uma velocidade média de 23,16 nós este recorde é a segunda melhor marca de todos os tempos”, disse Armel, que largou de Cadiz em 23 de janeiro e chegou em San Salvador no início da noite desta quinta-feira (30).

Cristóvão Colombo, o descobridor da América, fez a mesma distância em 1492 em 39 dias a bordo da caravela Santa Maria, porém o descobridor não estava sozinho.

 

Foto: Divulgação.

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.