Designer italiano idealiza projeto de megaiate de 137 metros em forma de cisne

0
1392
Avanguardia - iate em forma de cisne
O “pescoço” desce até a água e a “cabeça” se transforma em um barco auxiliar de 16 pés
Siga o nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente: @revista_nautica

Não, não se trata de mais um super veleiro do tradicional estaleiro finlandês Swan, controlado há 20 anos pela grife de moda italiana Ferragamo. O projeto, inusitado, leva a assinatura de Pierpaolo Lazzarini, um respeitável designer italiano, dono de um estúdio que leva o seu sobrenome, famoso por dar forma a embarcações de aparência ousada, como a futurista Cápsula a Jato.

Avanguardian - iate em forma de cisne
Foto: Lazzarini Design Studio

Com 137 metros de comprimento, cerca de 450 pés, o Avanguardia (“vanguarda”, em inglês) é um megaiate sobre o qual parece ter pousado e se acomodado confortavelmente um enorme cisne, cuja cabeça acomoda um segundo posto de comando, ou torre de controle, nas palavras do projetista.

Leia também

» Tour virtual: como será o São Paulo Boat Show 2020?

» Megaiate de 180 metros desaparece no mar europeu. Onde ele está?

» Schaefer Yachts divulga teaser de sua mais nova lancha, a V33. Confira

Sim, o projeto conta com uma torre de controle que simula a cabeça do animal, que — atenção para o detalhe — pode se desprender da estrutura, com o “pescoço” atuando como guindaste, e se transformar em um barco extra de 16 metros. Quando a embarcação está em movimento, a “cabeça” ajusta a posição da Avanguardia, abaixando-se até o centro do corpo do superiate.

Avanguardian - iate em forma de cisne
Foto: Lazzarini Design Studio

A ousadia do projeto não fica por aí. Na popa, o gigantesco Cisne — que, em seus cinco decks, o pode acomodar 24 pessoas em pernoite, além dos tripulantes, e ainda conta com um belo heliponto — tem espaço para dois Jet Capsules, que são pequenos e luxuosos barcos de oito metros de comprimento, também da lavra de Lazzarini.

Se um dia ele chegar às águas, sua força motriz virá de um motor MTU roll-royce central e de dois motores laterais totalmente elétricos, com os quais poderá atingir 18 nós de velocidade máxima (33 km/h).

Avanguardi- megaiate em forma de cisne
Foto: Lazzarini Design Studio

Segundo Lazzarini, o “cisne” pode ganhar vida se aparecer algum cliente disposto a investir cerca de US$ 500 milhões em sua construção. Por enquanto, o Avanguardia não passa de um projeto. Mas, ninguém se espante se um dia virmos esse megaiate navegando por aí.

Por Felipe Toniolo, sob supervisão do  jornalista Gilberto Ungaretti

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

 

Whats NÁUTICA - 30/06/2020