Custo

0
893

Será que vem mais pra vela? O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) planeja um gasto de R$ 700 milhões até os Jogos Olímpicos de 2016. A informação foi passada pelo diretor executivo de esportes da entidade, Marcus Vinícius Freire, em entrevista ao Blog Olímpicos, do jornal Folha de S. Paulo. De acordo com ele, o Brasil “está no caminho certo” no que diz respeito ao desempenho nos Jogos; para Marcus o país pode ficar no Top-10 do quadro geral de medalhas.

O investimento de aproximadamente R$ 720 milhões (R$ 180 milhões por ano pela Lei Piva, de acordo com o diretor do COB) permite um exercício de imaginação. Com a expectativa de 30 medalhas para o Brasil em 2016, o gasto médio de cada subida ao pódio seria equivalente a R$ 24 milhões.

A vela sempre contribuiu para os resultados do Brasil no quadro de medalhas, mas na última edição só conquistou uma medalha de bronze. Dessa vez, além de Robert Scheidt, sempre favorito, temos a dupla líder do ranking de 49erFX, Martine Grael e Kahena Kunze, Jorge Zarif, campeão mundial de Finn e Fernanda Oliveira e Ana Barbachan com resultados expressivos nas competições internacionais e, portanto, boas chances de pódio.

Foto: Reprodução

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.