Corrida solar

0
2670

Desde sábado (2) até o próximo sábado (9), 39 equipes da Holanda e de muitos outros países competirão com barcos movidos a energia solar na Dutch Solar Challenge. Os grupos, compostos principalmente por estudantes de engenharia e companhias de inovações, vêm da Indonésia, Portugal, Bélgica, Bahrain, Turquia, Estados Unidos, Finlândia, Hungria, China e Brasil. Cada time desenvolve seu próprio barco com todos seus aspectos técnicos, já que é de extrema importância que os barcos naveguem mesmo com a ausência da luz do sol.

O evento começou em Amsterdã e passará por Lemmer, Dratchten e Grou. Dia 9 de julho os barcos concluem o percurso em Leeuwarden. Em todos os locais de evento ocorrerão corridas de velocidade e de resistência e entre eles, em Friesland, os competidores passarão por três estágios de corrida com cerca de 60 quilômetros. Os barcos percorrerão uma distância de mais de 200 quilômetros no percurso.

Esta é a sexta participação da equipe Solar Challenge. A primeira edição, ocorrida em 2006, teve o nome de Frisian Nuon Solar Challenge, começou com 24 barcos em Leeuwarden e passou por onze cidades. Em 2010, 2012 e 2014 a corrida levou o nome de DONG Energy Solar Challenge e, nesses anos, trouxe muitas inovações como a tecnologia hidrodinâmica. Em 2014, o percurso se estendeu a Groningen e, neste mesmo ano, o barco mais veloz concluiu a rota em cerca de sete horas.

Foto facebook.com/EquipeSolarBrasil

 

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Teste Intermarine 62 YT - 19/06/2020