Construção de barcos volta a crescer nos Estados Unidos, de acordo com associação náutica

0
484
Foto: Reprodução

Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente: @revista_nautica

A construção de barcos nos EUA voltou a crescer depois que o Coronavirus forçou o fechamento de muitas fábricas, de acordo com as estatísticas mais recentes da National Marine Manufacturers Association (NMMA).

De acordo com o último Relatório Mensal de Remessas da NMMA, as remessas de barcos no atacado aumentaram pelo segundo mês consecutivo em junho, até 60% em relação a maio, conforme a atividade de construção de barcos voltou a crescer após restrições de bloqueio durante os primeiros dias da resposta à pandemia. No entanto, o grande ressurgimento das vendas não deve compensar a interrupção das vendas de barcos no ano. Em comparação com junho de 2019, as remessas no atacado caíram 5%.

“Estamos animados em ver que as remessas no atacado em junho aumentaram em todos os segmentos. Os fabricantes estão gradualmente voltando à capacidade e trabalhando para atender à crescente demanda por novos barcos ”, observou Vicky Yu, Diretor de Inteligência de Negócios da NMMA.

Leia Mais 

>> Governo aprova projeto de nova marina com mais de 200 vagas na Grécia. Confira
>> Proprietários de lanchas realizam passeata náutica em apoio a Trump nos Estados Unidos
>> Lancha movida a eletricidade e hidrogênio será apresentada em Cannes

“Olhando para o futuro, com muitos fabricantes ainda tentando recuperar a velocidade e os desafios, incluindo entrega lenta de peças de fornecedores afetados pela pandemia, espera-se que as remessas totais no atacado caiam em 2020″, confirmou Yu, embora ela tenha notado que alguns segmentos estão resistindo a média incluindo PWCs e motores de popa, que viram aumentos nos últimos três meses consecutivos.

O Relatório Mensal de Remessas de junho também mostrou que as remessas de atacado de barcos de popa de alumínio aumentaram significativamente e antes do esperado, voltando ao que eram em média em 2019. Esta categoria sozinha responde por mais de 40% do total das vendas de barcos novos.

A previsão da ITR Economics sobre a produção de construção de barcos para julho também indica que a produção permanecerá restrita no curto prazo antes de retomar gradualmente em meados do próximo ano.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos

FS Yachts