Circuito Niterói

0
1815

O bicampeão olímpico Torben Grael venceu o 17º Circuito Oceânico de Niterói, que terminou neste domingo (22), com duas regatas na Baía de Guanabara, no comando do barco de seu S40 Magia V/Energisa. A competição teve início no dia 19 (quinta-feira) e contou com a participação de cerca de 200 competidores nas seis regatas disputadas. A equipe campeã fechou o Circuito com nove pontos ao conquistar três primeiros lugares durante a competição, o pior resultado foi um sétimo lugar na última regata.

O sétimo lugar na última prova da competição foi devido a um objeto que prendeu no casco do barco logo na largada. Com a possibilidade de descartar o pior resultado, pela regra de regatas, Torben e a equipe Magia V/Energisa conseguiram manter a liderança e não deram chance para os adversários.

“De uma forma geral, fizemos uma boa prova. Infelizmente, tivemos um problema no barco logo no início de uma das regatas, o que prejudicou muito aquele resultado, mas não prejudicou a performance da equipe no Circuito como um todo”, comentou o comandante, que agora prepara o barco para participar da famosa e tradicional Semana de Vela de Ilhabela, no litoral de São Paulo, em julho.

Em segundo lugar no Circuito ficou o barco Lucky, com 12 pontos. A tripulação do veleiro Santa Fé fechou o pódio com 14 pontos. O sobrinho de Torben e filho de Lars, Nicholas Grael, de 16 anos, também esteve na raia. Ele comandou o barco Stand By Me e encerrou a competição em quinto lugar na classificação geral da categoria IRC, a mesma de Torben Grael.

O 17º Circuito Oceânico de Niterói foi organizado pelo Clube Naval Charitas, com a autorização da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) e apoio da Federação de Vela do Estado do Rio de Janeiro (Feverj) e Associação Brasileira de Veleiros de Oceano (ABVO).

Foto: Anna Paula Teixeira

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.