Represa de Chavantes recebeu cerca de 50 veleiros na última etapa dos Jogos de Aventura e Natureza

0
665

O cenário da Represa de Chavantes mudou no fim de semana do dia 30 de novembro. Cerca 50 iatistas colocaram seus barcos e içaram suas velas nas águas da represa, em Carlópolis. Conhecida também como Ilha do Ponciano, essa parte da represa, recebeu a última etapa dos Jogos de Aventura e Natureza que, desde agosto, vem proporcionando não somente o esporte, mas o turismo em diversas regiões do Paraná.

O sol estava lindo, a água calma e quentinha, mas vento não deu o “ar da graça”, apenas dois nós na linguagem marítima. As provas estavam marcadas para começar pela manhã, mas foram adiadas para o período da tarde por falta de vento.

A tarde veio, o sol ainda mais quente, mas o vento estava tímido e os velejadores tiveram que mostrar muito mais habilidade e técnica. “Aqui podemos perceber que com vento de dois e três nós, ainda assim você consegue fazer a regata, muito técnica. Você mostra a técnica, qualidade do velejador em duas condições: vento muito fraco ou vento muito forte. E o pessoal aqui se destacou muito hoje com essa qualidade técnica”, explicou Sérgio Montenegro Kraemer, presidente da Federação de Iatismo do Estado do Paraná (FEIP).

Os Jogos de Aventura e Natureza 2019 são organizados pelo Governo do Paraná e acontecem em cinco etapas, abrangendo 29 modalidades e 26 cidades. A região de Angra Doce foi a última parada dos Jogos esse ano. Para o ano que vem, muitas novidades nos esperam.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.

Schaefer770