Intech Boating comemora certificação ABNT/Acobar para lancha Sessa C44

0
510

A Intech Boating comemorou, no início de julho, a aquisição da certificação ABNT/Acobar para mais um dos seus modelos: a Sessa C44.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

O modelo Cruiser, que começou a ser produzido no Brasil no segundo semestre de 2019 e já conta com 23 unidades vendidas, era o único da linha Sessa Marine no Brasil que ainda não estava contemplado. “Em função da situação de pandemia, não conseguimos antecipar a certificação, mas felizmente agora, podemos comemorar e dizer novamente que a Sessa Marine é a única marca no Brasil a ter toda sua linha de embarcações certificada e dentro dos critérios de fabricação, qualidade e segurança impostos pela ABNT/Acobar”, relata José A. Galizio Neto, Presidente da Intech Boating, que tem como um dos seus principais pilares a segurança e confiabilidade.

Desde 2019, quando recebeu, durante o Rio Boat Show, das mãos de Luiz Boschetti (ABNT) e Eduardo Colunna (Presidente da Acobar), a certificação para os modelos Sessa C36, C40 e F42, a Intech Boating destaca a importância dos estaleiros aderirem ao programa. “A Certificação é um fator de credibilidade para os usuários, além de ter a segurança de que seu barco foi construindo dentro de regras e padrões internacionais, o proprietário ainda tem seu patrimônio valorizado para o mercado náutico em geral, como marinas, prestadores de serviço e seguradoras. É um passo fundamental para a profissionalização do mercado, atestando que os estaleiros nacionais têm conhecimento e capacidade para produzir e entregar barcos com qualidade superior, podendo concorrer de igual para igual em qualquer mercado”, defende José A. Galizio Neto.

LEIA MAIS

>> Intech Boating entrega primeira lancha Sessa KL 28 em Manaus

>> Intech Boating e Regatta alinham planos para ampliação da rede de atendimento Sessa Marine

>> Teste Sessa C44: navegamos na nova lancha do estaleiro Intech Boating

O programa de Certificação ABNT/Acobar está em vigência no Brasil desde 2018. Ele está fundamentado em um checklist com base em 14 normas ISO Internacionais, além das normas da Marinha do Brasil (NORMAN).  O consumidor que adquire um barco certificado tem a tranquilidade em saber que sua embarcação foi produzida por um estaleiro comprometido com a construção, qualidade, controle e rastreabilidade em todos os níveis.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Hindy - Rifaina