Casal brasileiro fará viagem de dois anos a bordo, saindo da Austrália em direção ao Rio

0
2037
Felipe Bouzon e Bruna Sanches

Passando a pandemia do covid-19 a bordo de um barco a vela ‘Car 54’, os dois brasileiros navegarão mais de 13 mil milhas náuticas, em dois anos e meio

Felipe Bouzon, de 32 anos, e Bruna Sanches, 27, conheceram-se na Austrália, em uma escola de mergulho em Gold Coast. Felipe é paulista formado em administração de empresas, tem familiaridade com o mar através do surf; Bruna é do Rio de Janeiro, advogada marítima e nadadora. De fato, os dois têm a relação com o mar em comum, porém chegaram à Austrália com intenções distintas.

A carioca teve como objetivo aprimorar seu inglês, já Felipe queria morar no país que considera como um dos melhores locais para se surfar no mundo. Quando se conheceram, Felipe e Bruna descobriram que compartilhavam de um mesmo sonho: ter um barco e morar a bordo. Após passarem a pandemia do Covid-19 a bordo de seu barco a vela ‘Car 54’, ancorado no rio de Brisbane, o casal resolveu adiantar o projeto da tão sonhada volta ao Brasil navegando em seu barco, e estão ambiciosos que realizarão o sonho o quanto antes.

“Esse projeto de voltar ao Brasil de barco era um sonho que estava distante, mas com a pandemia, resolvemos tornar realidade e estamos preparando nossa partida para abril de 2021”, conta Bruna.

Serão mais de 13 mil milhas náuticas percorridas em dois anos e meio. Segundo o casal, o momento de passar a pandemia velejando vem sendo desafiador, mas ao mesmo tempo, fez a dupla seguir à risca as regras de distanciamento social com mais facilidade.

A dupla diz que não há jeito melhor de estar perto do mar. Com todo o processo, poderão conhecer novos lugares e ainda voltar com sua então “casa”, o barco, para o Brasil. Segundo o casal, uma das inspirações para que o projeto se concretize, é uma jovem que atravessou o mundo aos 14 anos de idade e voltou para a Austrália aos 16: “Nos inspiramos na viagem da australiana Jessica Watson, que deu a volta ao mundo por dois anos”, completou Felipe.

Velejando no ‘Car 54’

Felipe Bouzon e Bruna Sanches
Foto: Felipe Bouzon e Bruna Sanches

O casal, que se mudou para o barco em julho de 2019, acredita que o ‘Car 54’ necessita ser aprimorado e melhor preparado para a viagem, para que se consiga completar todo o trajeto: “Assim como qualquer outro barco que vai ser colocado para fazer uma viagem internacional, só tem uma forma de sabermos se ele aguenta: fazendo!”, diz Bruna. Um possível motivo do planejamento pode estar relacionado com os dois estarem na Austrália com vistos de estudante.

De acordo com o portal SBS Português, o barco de Bruna e Felipe, comprado em Mackay, cidade ao norte de Brisbane, tem 33 pés e conta com sala, cozinha e banheiro conectados por um corredor no bordo do veleiro, além de um camarote equipado com cama e armário. Segundo Bruna, o barco é planejado para ser compacto e funcional.

LEIA TAMBÉM
>> Barco viking será desenterrado pela primeira vez em um século na Noruega
>> Novo conceito de lancha da Lamborghini promete desempenho à altura com mais de 4 000 hp de potência
>> Estaleiros se unem na construção de navio de apoio para a Marinha do Brasil

Jessica Watson
Foto: Jessica Watson

Existem diversos desafios que precisarão ser levados em conta na viagem. Por exemplo: a economia de água potável, pessoas e lugares desconhecidos, a necessidade de estar sempre alerta ao movimento do barco em mar aberto e o cansaço.

O casal também se colocou a meta de  usar o motor e o combustível o mínimo possível. “É comum entre velejadores – e motivo de orgulho -, que, ao viajar a vela, não se use o motor”, diz Bruna.

Planejamento

O plano é partir de Brisbane em abril do ano que vem (2021). O ‘Car 54’ seguirá para Cairns, no norte da Austrália, depois para Darwin, e de Darwin para a Indonésia, onde os dois precisarão ficar, pelo menos, 9 meses, devido às condições climáticas. Após isso, o casal seguirá por Christmas Island; Madagáscar, no Oceano Índico; sul da África; e Salvador, já no Brasil, terminando a viagem no Rio de Janeiro.

Felipe Bouzon e Bruna Sanches
Foto: casal Felipe Bouzon e Bruna Sanches

A previsão de gastos, incluindo o valor que pagaram pelo ‘Car 54’, é de AU$ 100 mil. Os recursos financeiros serão gerados por trabalhos esporádicos que a dupla conseguirá durante no ano (eles já fazem trabalhos freelancers nas áreas de hotelaria e atividades recreativas ao ar livre). Bruna e Felipe também contam com o apoio de seguidores do seu canal no youtube e redes sociais. São chamados de “No experience on board”. Em breve, possivelmente, irão lançar novas campanhas.

Por Felipe Toniolo, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Teste Intermarine 62 YT - 19/06/2020