Casa ou barco? Conheça o novo VCat 650 HB na edição do mês de Náutica

0
7480

Imagine um barco com formato e tamanho de uma casa, com, inclusive, um quarto dentro, além de sofá, grandes janelas, cozinha, varanda, banheiro de verdade e ar-condicionado. E mais: como se trata de um barco, ele, obviamente, navega. Ainda que lentamente. Ou seja, o seu “quarto” vai mudando de paisagem, tornando o fim de semana ainda mais gostoso. Eis uma novidade em nossas águas: o houseboat VCat 650 HB, construído em São Paulo pelo estaleiro VCat Boats, especialista em pontoon boats.

Invenção americana, os houseboats, como o próprio nome diz, são barcos com jeito de casa, paredes altas, cômodos de verdade, muito espaço e conforto de sobra. Bem diferente de uma lancha convencional, um houseboat tem como ponto forte a cabine, que ocupa quase a área total do convés. Mesmo quem já tem uma lancha costuma se encantar com uma casa-barco (ou vice-versa).

Criado a partir de um casco trimarã (formado por três tubulões de alumínio soldados), o VCat 650 HB foi projetado para navegar em águas abrigadas, como rios e represas, com até seis pessoas durante o dia ou três em pernoite. Para entrar a bordo, há duas opções. Pela proa, onde há uma porta de alumínio de padrão residencial, atrás do posto de comando e um sofá em L, ou pela pequena plataforma de popa, onde há outra porta idêntica.

A cabine é muito bem distribuída e completa: tem cozinha, banheiro fechado e um quarto-sala. Ao todo, são 6,5 m de comprimento, 2,5 m de boca e nada menos que 16 m² de área útil. A sensação a bordo é a de uma pequena casa. Há amplas janelas nos dois bordos, ambas com tela mosquiteiro, além de janelas na frente e atrás. A visão panorâmica dos arredores é outro ponto alto.

Náutica testou o modelo e você pode conferir tudo sobre ele na edição do mês, que ainda está nas principais bancas e livrarias do país.