Capacetes inteligentes se tornam dispositivo padrão de estaleiro italiano

0
553
hololens sanlorenzo

Por mais talentosos que sejam alguns engenheiros náuticos, às vezes, solucionar problemas de sistemas não é uma tarefa fácil. Portanto, os departamentos internos de Tecnologia da Informação do estaleiro italiano Sanlorenzo desenvolveram o Capacete Inteligente.

Este dispositivo permite assistência remota ao vivo dos próprios técnicos de serviço do estaleiro. Deste ano em diante, os comandantes ou engenheiros-chefes de todos os modelos Sanlorenzo receberão o capacete, como o novo padrão do estaleiro indica.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

O dispositivo é, na verdade, o HoloLens da Microsoft: um visor sem amarras que fornece uma visão de realidade mista. A Microsoft o desenvolveu especificamente para que as empresas se comuniquem melhor.

O visor contém um par de lentes transparentes, dentro das quais as imagens projetadas são exibidas como hologramas. Ele também possui uma câmera de vídeo de alta definição de 8 megapixels, quatro câmeras de luz visível e quatro câmeras infravermelhas.

A equipe de Sanlorenzo trabalhou para garantir que o Capacete Inteligente ainda transmita informações de (e para) seus técnicos de maneira adequada, mesmo em ambientes protegidos.

Além disso, o estaleiro diz que a interação em tempo real pode ocorrer mesmo quando o iate está a alguns milhares de quilômetros de distância dos técnicos.

hololens sanlorenzo

Leia também

» Conheça a misteriosa “cidade” submarina encontrada a 25 metros de profundidade no Japão

» Esqueleto gigante ressurge sob areia de praia no litoral sul de São Paulo

» O peixe-leão e a ameaça que representa: conheça o terror dos biólogos brasileiros

É assim que funciona: enquanto usa o Capacete Inteligente, seu capitão ou engenheiro-chefe transmite o que vê por videochamada para o técnico de serviço remoto.

Os aplicativos proprietários permitem que o representante da Sanlorenzo não apenas veja o que está acontecendo, mas também envie imagens, vídeos e/ou diagramas. Estes, por sua vez, são exibidos como hologramas para seu capitão ou engenheiro-chefe, sendo que a tripulação também poderá interagir com esses hologramas.

Por exemplo, setas e outros ícones permitem realçar aspectos da imagem. Como alternativa, um simples deslizar move o holograma para o lado da visão direta.

O dar e receber resultante deve ajudar a resolver problemas mais rapidamente e, claro, agilizar a resolução de problemas no futuro.

Por outro lado, as divisões de serviço da Sanlorenzo manterão registros das fotos e vídeos que trocam com sua equipe.

Antes que seu capitão ou engenheiro-chefe receba um Capacete Inteligente, um técnico da Sanlorenzo fornecerá uma breve visão geral do treinamento a bordo.

Por Naíza Ximenes, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Porto do Rio