Campeonato Brasileiro de Canoagem Oceânica reuniu cerca de 120 atletas em Ilhabela

0
527

Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

Ilhabela recebeu, no último fim de semana, o Campeonato Brasileiro de Canoagem Oceânica. Aproximadamente 120 atletas se dividiram em 14 categorias, em provas individuais de 14 km, em duplas de 17 km, além de disputas pela paracanoagem.

A Acoar (Associação de Canoagem Oceânica de Angra dos Reis) conquistou o 1º lugar por equipes no campeonato. Os resultados de seus atletas nas provas individuais de sábado (24) somaram o total de 1 838 pontos. E com os resultados nas competições de duplas, no domingo (25), a Acoar somou mais 990 pontos, dando um total geral de 2 828.

Com 1 241 pontos, a equipe Turma do Remo, de Santos, ficou com a segunda colocação geral, com uma grande diferença de pontuação em relação à Acoar: 1 587 pontos.

O professor de educação física e canoísta Paulo Moté, representou a Acoar e recebeu a premiação. Paulo, inclusive, ocupa um cargo na Confederação Brasileira de Canoagem Oceânica como Supervisor Nacional da Canoagem Oceânica.

Leia também 

>> Fortaleza sediará etapa única do Campeonato Brasileiro de Wind Foil 2020
>> Regatas no Caribe estarão a todo vapor durante o inverno do hemisfério norte
>> Classe C30 volta a competir em Ilhabela após seis meses sem regatas

Entre os destaques:
– No Duplo Masculino Sub-23 – 1º lugar para Sidinei Ramos Júnior e Breno Jordão da Conceição – tempo de 1h40min27seg;

– No Duplo Masculino Sênior – 1º lugar para Alexandre Ferreira, o Dico, e Carlos Gabriel Ribeiro de Paula – tempo de 1h18min26seg;

O que impulsionou a larga diferença na pontuação entre o primeiro e o segundo colocado por equipes foi a fusão de alguns atletas da Acoar com outros clubes:

– Um dos exemplos foi a parceria de Fabiano de Almeida Affonso (com deficiência visual e auditiva) com o atleta da Abaski (Associação Baiana de Surfski) Washington Igor Santos Cruz, e a dupla ficou na 2ª colocação com o tempo de 1h29min43seg;

– Outra parceria ocorreu no Duplo Misto, com Rafaela Nascimento (Acoar) e Roberto Maehler (Clube de Regatas Curitiba), que ficaram na primeira colocação com o tempo de 1h23min44seg;

– No Duplo Feminino, a parceria da atleta da Acoar, Ana Luzia Braga Teixeira Borges com Gisele Volpi Monte, do Esporte Clube Pinheiros, fez sucesso: a dupla ficou na segunda colocação com o tempo de 1h44min12seg.

– Outra parceria foi no Duplo Masculino Sênior com Luiz Wagner Pecoraro (Acoar) e Luciano Ponce de Carvalho Judice (Clube Naval). Os dois chegaram em 2º lugar com o tempo de 1h19min05seg;

– No Duplo Misto, parceria da veterana Carmen Lúcia da Silva (Acoar) com Hiel Gesã Peres Queiroz (ANN – Associação Náutica Navegar – Pará);

Por Gustavo Baldassare sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Nautispecial