2020 será um ano agitado para a vela oceânica na França. Confira as datas das principais regatas

0
1429
Foto: Jean-Marie Liot

O ano de 2020 será agitado na vela oceânica com importantes regatas com largada na França. A principal e mais esperada é a Vendée Globe, a volta ao mundo em solitário, sem escalas e assistência.

Outras provas transatlânticas também estarão no radar e a primeira delas é a Transat AG2R La Mondiale. Os barcos da Figaro largam em 19 de abril de 2020. A 15ª edição do Transat AG2R LA MONDIALE parte da cidade de Concarneau com direção a St Barth, no Caribe.

Em 10 de maio de 2020 sai a Transat CIC. Serão 3.500 milhas náuticas no solitário e quatro classes de participantes: Ultim’s, IMOCA, Class 40 e Multi50. É como se fosse uma mini Transat Jacques Vabre.

Em junho, uma das mais badaladas regatas de IMOCA tem sua largada, A Transat New York – Vendée parte no dia 16 de junho. Criada em 2016, o percurso de 3.100 milhas náuticas promete muita ação no Atlântico.

LEIA TAMBÉM

De 3 a 19 de julho tem a 43ª edição do Tour Voile. São sete escalas em portos franceses como Dieppe, Barneville-Carteret, Erquy, Arzon, Serre-Ponçon e Nice.

No mesmo período ocorre a Transat Québec – Saint Malo, que parte dia 12 de julho. A regata deve contar com 35 barcos entre Québec e Lévis.

A tradicional Solitaire du Figaro larga em 30 de agosto.

E a tão esperada Vendée Globe está marcada para 8 de novembro para 21.638 milhas náuticas a bordo dos IMOCA.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.