Brasileiro vence disputa de canoagem na Alemanha e se classifica para Olimpíadas em Paris

0
287
pedro gonçalves canoagem

O canoísta Pedro Gonçalves conquistou, no último domingo (20), o ouro na modalidade Slalom Extremo da canoagem, durante a Copa do Mundo, em Markkleeberg, na Alemanha, classificando-se para as Olimpíadas de Paris, em 2024, quando a modalidade fará a estreia no programa olímpico.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

“Foi uma das provas mais difíceis de que participei, mas escutar o hino nacional e a bandeira subindo fez tudo valer a pena, todo o trabalho, toda a luta. Estou aqui há dois meses me preparando para os Jogos Olímpicos. Isso só revigora ainda mais o nosso gás. Essa é minha primeira medalha na modalidade depois que entrou oficialmente no programa olímpico e estou muito feliz”, explica Pedro.

Pedro, ou Pepe (apelido pelo qual é conhecido) estará em Tóquio pelo K1 Masculino nos Jogos de Tóquio, previsto para acontecer ainda este ano. Há dois meses na Europa, o atleta fez um período intenso de treinamento em Praga, na República Tcheca.

pedro gonçalves canoagem

Leia também

» Barcos de Ilhabela e Ubatuba lideram primeiro fim de semana do Circuito Ilhabela 

» 1ª etapa do XXI Circuito Ilhabela começa neste sábado no litoral norte paulista

» Brasileiros da Classe Optimist estão na Europa em busca de medalhas

Na semana de sua vitória, ele e a (também canoísta) Ana Sátila retornam ao Brasil para um pequeno período de descanso, viajando rumo a Tóquio logo em seguida para os Jogos Olímpicos.

Pepê e Ana Sátila são integrantes da categoria Pódio, a principal do Bolsa Atleta, programa de patrocínio individual do Governo Federal Brasileiro, executado pela Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

pedro gonçalves canoagem

A categoria Pódio é voltada para os que se qualificam entre os 20 melhores do mundo em sua modalidade, e prevê repasses mensais de 5 mil a 15 mil reais para que o atleta possa se dedicar exclusivamente à prática esportiva e representar o país em competições internacionais.

Quanto à posição de Ana, depois de ficar em 9º lugar no K1 Feminino no sábado (19), a atleta competiu a semifinal do C1 e ficou em 17º lugar. Só as dez primeiras garantiam vaga na final. Sua irmã, Omira Estácia, também disputou a prova e também ficou na semifinal.

O evento contou com a participação de mais de 200 atletas de 30 países. Ao todo, quatro brasileiros participaram da disputa: Ana Sátila, Omira Estácia, Pedro Gonçalves e Mathieu Desnos.

Por Naíza Ximenes, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Multinautica