Brasil x Croácia

0
1065

Um ano depois de disputarem metro a metro o título do Europeu de Laser, Robert Scheidt e Tonci Stipanovic voltam a se enfrentar na competição, em Split, Croácia, com o status de favoritos. E se a última edição do torneio, na Irlanda, teve o croata como vencedor por apenas um ponto de diferença, a vantagem agora é do brasileiro, no duelo entre países que marcará também a abertura da Copa do Mundo de futebol 2014. Novo líder do ranking mundial da classe, Scheidt foi o terceiro colocado na única regata disputada nesta terça-feira (10) e assumiu a vice-liderança, com 12 pontos perdidos, mesma pontuação do líder, o inglês Nick Thompson. Stipanovic, que veleja em casa, caiu para a 13ª posição, com 26 pontos perdidos.

O Europeu de Laser tem 132 velejadores distribuídos em três flotilhas. Nesta terça-feira, as flotilhas foram reagrupadas, e Scheidt disputou a regata com Nick Thompson, o australiano Tom Burton, vencedor das duas últimas etapas da Copa do Mundo de Vela, e o alemão Philipp Buhl, no grupo azul. O croata Tonci Stipanovic segue na flotilha vermelha.

“Tivemos um dia com ventos ainda mais fracos do que na segunda-feira, e por isso apenas uma regata foi completada. Nessas condições, todos os favoritos apresentaram muitos altos e baixos nos resultados. Era muito fácil errar e ficar do lado contrário ao vento, mas eu consegui o terceiro lugar e subi bastante na classificação geral”, observou Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas (dois ouros, duas pratas e um bronze) e 14 títulos mundiais, entre Laser e Star. O brasileiro começou a disputa, na segunda-feira, na 11ª posição.

A competição em Split tem mais nove regatas até sábado (14), divididas entre as fases classificatória e final. Os velejadores podem descartar os dois piores resultados, um em cada etapa. “A comissão de regatas tentará organizar três regatas nesta quarta-feira, mas a previsão é de ventos fracos, novamente”, avisou Scheidt.

Classificação após três regatas

1. Nick Thompson (GBR) – 12 pontos perdidos (2+3+7)
2. Robert Scheidt (BRA) – 12 pp (4+5+3)
3. Francesco Marrai (ITA) – 13 pp (4+7+2)
4. Tom Burton (AUS) – 14 pp (1+8+5)
5. Andy Maloney (NZL) – 19 pp (3+4+12)
6. Jonasz Stelmaszyk (POL) – 20 pp (9+9+2)
7. Mitchell Kennedy (AUS) – 20 pp (3+4+13)
8. Jesus Rogel Sanchez (ESP) – 23 pp (6+16+1)
9. Mike Bullot (NZL) – 23 pp (5+10+8)
10. Colin Cheng (SIN) – 24 pp (22+1+1)

Foto: Thom Touw

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.