Brasil recomenda 15 candidatos para a temporada Bandeira Azul 2018-2019

0
1497

Em reunião realizada no dia 28 de junho em Brasília, o Júri Nacional do Programa Bandeira Azul avaliou os candidatos à certificação Bandeira Azul para a temporada 2018/2019. Foram aprovados 15 candidatos.

Este ano duas novas entidades passam a fazer parte do Júri Nacional: o Ministério da Educação e a Anamma – Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente. O crescimento de representatividade dentro do Júri Nacional é importante para uma avaliação cada vez mais eficiente dos candidatos a receber a Bandeira Azul.

O Júri Nacional é composto pelo Ministério do Turismo, Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – Secretaria do Patrimônio da União, Ministério da Educação, SOS Mata Atlântica, Agência Costeira, ACATMAR – Associação Náutica Brasileira, SOBRASA – Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático e ANAMMA – Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente.

O Júri Internacional é composto pela Foundation for Environmental Education (FEE), World Conservation Union (IUCN), European Union for Coastal Conservation (EUCC), United Nations Environment, World Tourism Organization (WTO), World Health Organization (WHO), International Life Saving (ILS), International Council of Marine Industry (ICOMIA) e Reef Check Program.

O crescimento do Programa no Brasil se confirma também pelo crescimento do número de praias e marinas que ingressaram na fase piloto e solicitaram a certificação. Conheça os aprovados nesta fase de avaliação:

Praias

  • Praia do Tombo, Guarujá – SP
  • Praia da Lagoa do Peri, Florianópolis – SC
  • Praia de Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe, Salvador – BA
  • Praia Grande/Caravelas, Governador Celso Ramos – SC
  • Praia de Palmas, Governador Celso Ramos – SC
  • Praia do Estaleiro, Balneário Camboriú – SC
  • Praia do Estaleirinho, Balneário Camboriú – SC
  • Praia de Piçarras – Balneário Piçarras – SC
  • Praia do Peró, Cabo Frio – RJ

Marinas

  • Marina Costabella – Angra dos Reis, RJ
  • Marinas Nacionais, Guarujá – SP
  • Iate Clube de Santa Catarina, Florianópolis – SC
  • Marina Kauai, Ubatuba – SP
  • Tedesco Marina – Balneário Camboriú – SC

Embarcações de Turismo Sustentável

  • Água Viva Mergulho, Florianópolis – SC

LEIA TAMBÉM

>>Marina Kaua’i, em Ubatuba, é aprovada para a primeira temporada no Programa Bandeira Azul
>>Três marinas e seis praias ganham selo ecológico Bandeira Azul

Todas as 9 praias, 5 marinas e 1 embarcação de turismo sustentável aprovados nesta reunião tiveram sua documentação encaminhada ao Júri Internacional que se reunirá em setembro em Copenhagen. O resultado final será divulgado em outubro.

O Programa Bandeira Azul, certificação concedida pela FEE (Foundation for Environmental Education), organização não governamental internacional e pelo Instituto Ambiental em Rede (IAR) no Brasil a praias e marinas que cumprem os critérios exigidos para o programa: informação e educação ambiental; gestão ambiental; segurança e serviços e; qualidade da água. O Programa Bandeira azul foi criado em 1985 na França e passou a ser implementado em toda a Europa desde 1987 e em países não europeus desde 2001. Atualmente 50 países participam do programa.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones