Primeira balsa elétrica do Reino Unido deverá iniciar operação em 2021

0
533

Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

O “e-Voyager”, primeira balsa elétrica do Reino Unido, saiu da marina de Plymouth, no dia 13 de outubro, a fim de realizar testes para, em abril de 2021, iniciar o transporte de passageiros pelo litoral sul da Inglaterra.

Fruto de um projeto inaugural do Voyager Marine, o barco elétrico é cobaia de uma ação da construtora que visa municiar e oferecer um pacote completo de design, instalação e manutenção de embarcações elétricas de alto mar. O barco se idealizou através de uma reforma feita pelo consórcio que inclui a Plymouth Boat Trips e o Voyager Marine, em parceria com a Universidade de Plymouth.

Leia também 

>> Conheça as novas balsas elétricas das Cataratas do Niágara
>> Istambul coloca o primeiro rebocador totalmente elétrico do mundo em funcionamento
>> Novo motor elétrico de aro já pode ser encomendado na França

O sistema de propulsão elétrica irá substituir um antigo motor diesel de 60 hp, que foi desenvolvido pela EVParts UK e usa um motor de 400V. Além disso, a balsa terá uma bateria reformulada do Nissan Leaf, que fornece armazenamento de energia.

A deputada local, Sheryll Murray, supervisionou a cerimônia de lançamento, e afirmou que a Câmara Municipal de Plymouth deve instalar três carregadores de 22 kWh no porto, permitindo um tempo de carregamento de três horas.

O barco será carregado durante a noite ao atracar, para funcionar por um dia inteiro e completar seus requisitos de viagem com uma única carga. Se necessário, o modelo será conectado e recarregado entre as viagens conforme os passageiros embarcam.

Agora que o e-Voyager está concluído e operando, a Universidade de Plymouth irá coletar dados sobre o impacto do ar, da água e do ruído do barco para demonstrar os benefícios ambientais que uma troca do combustível pelo elétrico é capaz de proporcionar.

Por Gustavo Baldassare sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Staybridge