Azimut 77S é a primeira a receber os novos motores Volvo D13-IPS 1350

0
3917

A marca italiana Azimut Yachts exibiu recentemente, na ilha grega de Mykonos, a Azimut 77S com instalação tripla do novo pacote IPS (Inboard Performance System), o D13-IPS 1350, da sueca Volvo Penta, galgando um patamar a mais na relação entre as duas empresas. Vale lembrar que, em 2013, o estaleiro catarinense Schaefer Yachts fez história ao lançar o primeiro barco, em toda a América Latina, equipado com um conjunto de três sistemas de propulsão IPS 1200, da Volvo Penta.

A motorização fornecerá para a Azimut 77S todos os recursos pelos quais o sistema IPS é conhecido, incluindo eficiência de combustível, emissões reduzidas, conforto a bordo com mais espaço e baixo nível de ruído e vibração. A decisão de mudar a propulsão da embarcação para o novo D13-IPS 1350 baseia-se no forte vínculo entre as duas marcas. Resulta do sucesso da versão original do 77S, que foi alimentado por um modelo anterior da gama IPS da Volvo Penta.

“Estamos lançando o S7, uma embarcação menor, mas similar ao 77S, então, aproveitamos a oportunidade para atualizar o modelo maior com o D13-IPS 1350”, disse Alessandro Rossi, diretor técnico da Azimut Yachts. “O motor tem mais energia e é muito eficiente em termos de combustível, como outros modelos IPS – é uma ótima escolha para os 77S”, complementou.

Ainda segundo Rossi, a Azimut usou mais fibra de carbono para ter um barco mais leve, e com o IPS há mais espaço na sala de máquinas, o que proporciona ambiente a bordo para um barco de apoio ou jet. “Manobrabilidade e segurança são excelentes com o IPS, mesmo em mares agitados. No geral, criamos o conforto de um mega-iate. Somos a primeira empresa a ter uma instalação tripla do novo D13-IPS 1350, que é muito emocionante”, afirmou.

A Azimut Yachts começou a instalar a tecnologia IPS Volvo Penta há alguns anos na linha S (esporte), depois de descobrir como o sistema poderia beneficiar o desempenho e o design geral de uma embarcação. A Azimut 77S original foi lançada no Cannes Yachting Festival em 2014.

“Os clientes pedem inovação”, diz Rossi. “E investir na inovação com nossos métodos de produção, casco e parceria com a Volvo é um fator chave no nosso sucesso. Como um sistema integrado, a IPS é uma excelente combinação para o nosso projeto. Temos um bom relacionamento com a Volvo Penta – nós gostamos de seus produtos e serviços, e temos certeza de que estamos obtendo a melhor qualidade. Esta é a força da nossa colaboração”.

O novo D13-IPS 1350 foi concebido para iates de até 120 pés. O poder extra do motor de 13 litros é combinado por uma unidade de pods IPS atualizada e o pacote integrado fornece energia equivalente a um motor interno de 1350 cv. Permite que as embarcações atinjam velocidades de até 42 nós, segundo a marca.

“A parceria que temos com a Azimut Yachts está progredindo bem e a prova do sucesso dos 77S originais é que eles escolheram o nosso novo D13-IPS 1350 para impulsionar seu novo modelo”, diz Nicola Pomi, chefe da Volvo Penta para Itália, Espanha e Portugal. “A Azimut continua avançando com uma abordagem inovadora, assim como a Volvo Penta, então nossas filosofias de marca têm o mesmo foco na produção da melhor qualidade para os clientes”.

PUB Marine Express - 02/07/2020