Aniversário

0
1886
Heavy cargo ship enters the port of Miami aerial view

A Inmarsat (LSE: ISAT.L), líder de comunicações móveis globais por satélite, celebra o 25º aniversário do Inmarsat C, destacando os mais de 600 alertas de socorro emitidos por navios em situações de necessidade, transmitidos por meio do serviço em 2015.

A divulgação demonstra como a decisão, tomada pelas organizações marítimas internacionais (International Maritime Organization – IMO) e exigindo que todos os navios de mais de 300 toneladas brutas sejam equipados com um sistema marítimo global de socorro e segurança (Global Maritime Distress and Safety System – GMDSS), é crucial na proteção de vidas no mar. A Inmarsat é a única fornecedora aprovada no mundo a entregar o GMDSS dentro dos rigorosos requisitos da convenção internacional para a salvaguarda da vida humana no mar.

“Durante a sua vigência, o GMDSS fez a maior contribuição individual para a segurança marítima desde o surgimento do rádio em 1899. Estamos imensamente orgulhosos da contribuição sem paralelo do Inmarsat C para o GMDSS nos últimos 25 anos. Como resultado disso, milhares de vidas foram salvas e inúmeros navios foram resgatados”, comemora Ronald Spithout, presidente da Inmarsat Maritime. Desde sua criação em 1979, a missão da Inmarsat tem sido a de proteger a vida dos tripulantes globalmente, proporcionando a eles e às suas embarcações uma comunicação crítica e gratuita de socorro para casos de colisão, encalhe, fogo, mau tempo e pirataria.

O serviço Inmarsat C proporciona uma ligação crítica entre navios em perigo e centros de coordenação de resgate marítimo (MRCCs) ao redor do mundo. Com cobertura comprovada de 99,9%, o Inmarsat C sempre prioriza os alertas de socorro marítimo para os MRCCs e aos navios nas proximidades. Hoje, cerca de 100 000 embarcações contam com o Inmarsat C para fornecer comunicações vitais com apenas um clique.

A Inmarsat continua a investir, inovar e desenvolver serviços de segurança vitais. Os terminais Inmarsat C e Mini C também dão suporte ao SafetyNET, serviço de difusão marítima global baseado em satélite que fornece avisos meteorológicos e de navegação, além de alertas de busca e salvamento. O SafetyNET II, cujo lançamento será em breve, proporcionará ainda uma funcionalidade aprimorada para que os provedores de informações de segurança marítima transmitam mensagens de segurança.

“A segurança marítima constitui a base da nossa organização; ela está em nosso DNA. Temos trabalhado incansavelmente para fornecer uma infraestrutura crítica que está sempre disponível e comunicações confiáveis ​​das quais as tripulações, embarcações e as nações dependem para salvar vidas no mar. Em 2020, esperamos lançar o Inmarsat-6, nossa nova geração de satélites, que reforçará nosso compromisso de mais de 35 anos com os serviços de banda L e de segurança”, afirma Spithout.

Foto: Fotolia

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Evino