Festival de esportes aquáticos será atração em Cabo Frio em novembro

0
456
Foto: Divulgação

O Aloha Spirit conhecerá os campeões do Circuito nos dias 22, 23 e 24 de novembro, num cenário digno do maior festival de esportes aquáticos da América Latina, a Praia do Forte, em Cabo Frio, na região dos Lagos, Rio de Janeiro. A 3ª e última etapa tem expectativa de reunir mais de 1.500 atletas de cerca de 18 estados e também do exterior, com as disputas de stand up paddle (SUP), que pontuará pelas duas principais ligas internacionais da modalidade, a Paddle League e a APP World Tour.

Também estarão em ação o va’a, conhecido como canoa havaiana ou polinésia, com equipes do Peru e da Argentina já confirmadas; a natação em águas abertas, valendo vagas para uma prova restrita que acontecerá no Arquipélago de Alcatrazes em fevereiro de 2020; o paddleboard, o surfski, a apneia estática e o triathlon waterman, prova especial reunindo natação, SUP e paddleboard.

Além das competições, o evento tem como atrativos a prática de yoga, o Festival Aloha Spirit de Cinema e ações socioambientais, culturais e educativas, tendo como tema a Simbologia da Água. “Vai ser garantia de muita emoção. Tudo vai se decidir em Cabo Frio. Normalmente na última etapa já está tudo meio que definido, mas desta vez está bem embolado, com atletas de ponta buscando os títulos”, afirma o idealizador do Aloha Spirit, João Castro.

LEIA TAMBÉM
>>Estado do Nordeste será um dos Destinos Náuticos no próximo São Paulo Boat Show
>>Navio da Marinha ganha prêmio de sustentabilidade em competição internacional
>>Você pode ganhar um jet Sea-Doo com som e carreta Odne no São Paulo Boat Show 2019. Veja como

“Teremos as disputas do SUP valendo ranking mundial, o que eleva ainda mais o nível técnico e demonstra que todos estão com os olhos voltados ao nosso Circuito e a Praia do Forte proporciona um visual incrível, para engrandecer ainda mais o evento”, reforça o organizador do evento.

A programação em Cabo Frio ainda contará com uma prova demonstração de canoa V3, para três remadores. “O va’a foi a origem do Aloha Spirit há 11 anos e continua sempre crescendo, atraindo os principais nomes da modalidade e, com certeza, incentivando o surgimento de novos talentos”, diz João, anunciando ainda mais novidades para 2020. “Ano que vem teremos novas modalidades, será bem diferente, mais atraente”, destaca.

Entre os atletas que estarão buscando as vitórias, um dos grandes nomes é Lena Ribeiro, medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, na prova de SUP. Na mesma modalidade, aparece Luiz Guida, o Animal, o mais experiente competidor do País. Também o atual campeão mundial de parava’a, Austrália 2019, Guilherme Borrajo, confirmando que o evento dá total atenção à inclusão. Outro destaque é Rogério Mendes, que acumula conquistas no SUP, va’a e no waterman.

Neste ano, o Aloha Spirit contou com a abertura na Praia do Perequê, em Ilhabela/SP e a segunda etapa, no Lago Paranoá, em Brasília/DF. As inscrições para a decisão do ranking já podem ser feitas, acessando este link.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.