Acidente com embarcação deixa duas pessoas mortas em Maragogi

0
223

Um catamarã naufragou na tarde do último sábado (27) no mar de Maragogi, Litoral Norte de Alagoas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas idosas morreram no acidente. Outras duas pessoas precisaram de atendimento médico. Não há desaparecidos.

A Marinha vai investigar o caso. A Prefeitura de Maragogi e a associação que representa os donos desse tipo de embarcação informaram que o proprietário do catamarã não tinha autorização para transportar passageiros, e que já havia sido autuado por realizar passeios clandestinos.

Segundo o tenente-coronel Buriti, do Grupamento de Salvamento Aquático, as vítimas eram turistas do estado do Ceará. Elas foram identificadas como Maria de Fátima Façanha da Silva, 65, e Lucimar Gomes da Silva, 69.

Outras duas pessoas que estavam na embarcação precisaram de atendimento médico. Uma delas apresentou quadro de pressão baixa e a outra, hipotermia. As duas foram socorridas no local.

LEIA TAMBÉM
>>Escola náutica promoverá curso de Meteorologia e Oceanografia no próximo mês
>>Comunicador satelital Spot X está com desconto inédito de dia dos pais
>>Estaleiro francês anuncia novos modelos de barcos a motor para 2020

Ainda de acordo os bombeiros, o catamarã naufragou após colidir contra uma pedra em uma área conhecida como “Buraco”, distante cerca de 3 km da costa.

A Marinha disse, em nota, que um inquérito será aberto para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente. Desde o início da semana, a instituição vem fazendo alertas de mar grosso e ressaca, pedindo cuidado às embarcações, principalmente às de pequeno e médio porte.

Já a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Maragogi informou que o acidente ocorreu em local cuja visitação não era permitida, e que o proprietário do catamarã havia sido autuado anteriormente por realizar passeios clandestinos. O órgão diz ainda que ele continuou realizando passeios, ignorando até mesmo o Ministério Público.

Cerca de 60 pessoas estavam no barco, que levava turistas de Eusébio, cidade da região Metropolitana de Fortaleza, para as piscinas naturais da região. Entre os passageiros, estavam 2 guias e 6 tripulantes do receptivo da empresa.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.