A volta do gigante

0
1734

Está marcada para o 3º trimestre do ano que vem a viagem inaugural do Titanic II, réplica da mítica embarcação que naufragou em 1912. O cruzeiro deve navegar pelo Atlântico, na mesma rota que seu irmão naufragado – entre a Inglaterra e Nova Iorque –, e já tem uma fila de espera com mais de 50 mil interessados em participar da viagem que conta com 2,4 mil vagas.

A embarcação está sendo construída na China, com 269 metros de comprimento e 45 metros de largura – um pouco mais larga para melhorar a estabilidade durante a travessia pelos oceanos, e será uma réplica fiel ao original – assim como o I, Titanic II será dividido por classes e possuirá cópias do banho turco, da piscina e do Café Parisiense para utilização pelo público –, com exceção das alterações devido à modernização náutica que aconteceu nos últimos 100 anos, como as normas de segurança e o avanço tecnológico dos equipamentos eletrônicos.

104 anos depois da tragédia que culminou na morte de 1,5 mil pessoas, a nova versão terá na faixa de 18 botes salva-vidas modernizados para atender a todos os 3 335 passageiros e tripulantes, graças às novas normas de legislação – quando naufragou, o Titanic possuía botes para apenas 36% da capacidade do navio.

A construção da embarcação é um investimento do bilionário australiano, Clive Palmer, que tem a intenção de fazer um documentário mostrando a história do navio, desde sua construção até a viagem inaugural.

Foto: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.