49erFX

0
1653

Atuais líderes do ranking mundial na classe 49erFX, Martine Grael e Kahena Kunze terminaram o Mundial de 49er/49erFX, em Clearwater, na Flórida, nos Estados Unidos, na sexta posição, com 83 pontos perdidos. O título ficou com as espanholas Tamara Echegoyen e Berta Betanzos, com 62. Em segundo ficaram as dinamarquesas Maiken Foght Schütt e Anne-Julie Schütt, com 75.O terceiro lugar foi para as alemãs Victoria Jurczok e Anika Lorez, com 76.

Neste domingo (dia 14), antes da regata da medalha, foram disputadas as três últimas regatas da flotilha ouro. Martine e Kahena chegaram em 18º, 16º e 6º lugares. Na regata final, a dupla brasileira classificada para os Jogos Olímpicos Rio 2016 terminou na oitava posição.

Campeãs mundiais em 2014 e vice-campeãs em 2013 e 2015, Martine e Kahena vinham de um bronze no Midwinter, em Miami, e a quinta posição na etapa de Miami da Copa do Mundo da Federação Internacional de Vela (ISAF).

Na 49er, Marco Grael e Gabriel Borges encerraram a competição na 43ª colocação, com 187 pontos perdidos. Assim como Martine e Kahena, a dupla está classificada para os Jogos Olímpicos.

No Mundial de Nacra 17, também em Clearwater, Samuel Albrecht e Isabel Swan, garantidos na Rio 2016, terminaram em 18º na classificação geral, com 255 pontos perdidos. A outra dupla brasileira na competição, João Bulhões e Gabriela Nicolino, ficou na 23ª posição, com 295 pontos perdidos.

Todos os velejadores da Equipe Olímpica contam com apoio da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) e do Comitê Olímpico do Brasil (COB) a fim de garantir aos velejadores a estrutura necessária para a melhor preparação para os Jogos Olímpicos. O suporte vai desde a ciência do esporte, com equipe multidisciplinar, até a participação nas principais competições no ano olímpico.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Teste FS 290