2º Seminário de Tecnologia Náutica reuniu 130 participantes no Rio de Janeiro

0
333
Foto: Shutterstock

Pelo segundo ano consecutivo, a Sociedade Brasileira de Engenharia Naval (SOBENA), através do seu Comitê Permanente de Pequenas Embarcações, realizou, nos dias 21 e 22 de novembro, o Seminário de Tecnologia Náutica. Tendo como anfitrião desta edição o Iate Clube do Rio de Janeiro, na Urca, o evento reuniu cerca de 130 participantes ao longo dos dois dias.

Esse ano, o evento contou com 18 palestrantes convidados, das mais diversas áreas de atuação no segmento, distribuídos em seis painéis temáticos e, pela pluralidade dos assuntos abordados e também pela proximidade com um público voltado para a náutica, por estar dentro de um clube com maior tradição náutica no Brasil, o evento agradou tanto aos costumeiros participantes técnicos, profissionais da indústria, quanto aos entusiastas do setor, curiosos e amadores. Dessa forma, a SOBENA vai se consolidando como referência técnica também para o setor náutico, tão importante pro desenvolvimento econômico do país.

No quesito desenvolvimento, após a abertura do presidente da entidade, Jorge Cunha, superintendente de projetos estruturantes do governo do estado do Rio de Janeiro, subiu ao palco para anunciar as medidas que o governo estadual está aprovando para incentivar o desenvolvimento do setor no estado fluminense.

Entre os palestrantes, estiveram o construtor e pesquisador Willian Peña, proprietário do estaleiro WP Catamarãs; o designer Nelson Mitake; o construtor Lorenzo Souza, proprietário do estaleiro Holos Brasil; o pesquisador baiano Marcelo Bastos; Alexandre Ferreira Correia, representante da BR Distribuidora; Marcio Dottori, com sua larga experiência em náutica; e Roberto Geyer, velejador e construtor naval amador.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones