Dois veleiros brasileiros participarão de regata entre Buenos Aires e Punta del Este neste mês

0
317
Foto: Fred Hoffmann

Dois veleiros da ABVO (Associação Brasileira de Veleiros de Oceano) vão representar o Brasil na classe ORC na 26ª edição do Rolex Circuito Atlântico Sur, série de regatas entre Buenos Aires, na Argentina, e Punta del Este, no Uruguai, que serão realizadas entre os dias 12 e 18 de janeiro.

O Circuito, um dos mais tradicionais da América do Sul com barcos inscritos também da Argentina, Uruguai, Grã-Bretanha e Itália, começará em Buenos Aires com saída de Puerto Madero no dia 12 em direção à Punta del Este com organização do Yacht Club Argentino, no Uruguai, com percurso de 167 milhas naúticas. Entre os dias 15 e 18 serão realizadas regatas em Punta del Este com organização do Yacht Club de Punta del Este, com previsão total de sete regatas.

O veleiro Crioula 29, da Veleiros do Sul, em Porto Alegre, e também do Iate Clube do Rio de Janeiro, participa desde 2011 do Circuito e é o atual bicampeão da competição indo em busca do terceiro caneco seguido. Samuel Albrecht, que tem vaga garantida na Olimpíada de Tóquio em 2020 na classe Nacra 17, marcará presença no barco comandado por Renato Plass.

“É um circuito muito legal com três regatas de percurso, quatro barla-sotas, um campeonato sólido, com programação bem organizada, sabemos no primeiro dia quais regatas vamos correr, marcas plotadas, sistema de gerenciamento bem bacana do que tem de mais moderno na classe ORC. Flotilha argentina muito competitiva com barcos de 40 pés, otimizados. É um campeonato de alto nível, com velejadores muito bons. Punta del Este é um lugar muito bom para velejar podendo ter muito mar, água plana, lisa, requer bastante habilidade das tripulações. Fora da água é uma cidade fantástica e bonita, todos adoram ir para lá”, disse Samuel que comentou as dificuldades da logística para a disputa.

Foto: Gabriel Heusi

LEIA TAMBÉM

“É a única dificuldade. Saímos no dia 5 deste mês do Rio de Janeiro, paramos em Ilhabela, Florianópolis e esta semana saímos em direção ao Rio Grande. Por conta de frentes frias que entram a cada dois, três dias estamos tendo que ir pingados, parando, acreditamos que inclusive durante o Natal podemos estar velejando a caminho”, seguiu Samuel que está assessorando na parte logística a equipe e embarca no dia 8 de janeiro para a Argentina.

O Espírito Santo com o +Bravíssimo, do Iate Clube do Espírito Santo, em Vitória,  participa pela segunda vez do Circuito, primeira com seu barco próprio. A tripulação comandada por Luciano Secchin alugou um barco na participação de 2019 e terminou em sétimo lugar no geral na classe ORC. O Bravíssimo foi o barco do ano da ABVO em 2018 com o Bravíssimo IV e nesta temporada a tripulação começou a velejar na nova versão.

“Ano passado foi difícil com barco alugado até nos acostumarmos, por isso resolvemos levar nosso barco este ano. Junto com a Semana Internacional de Ilhabela é a principal da América do Sul”, disse Secchin que também está com o barco a caminho da Argentina: “Depois do Circuito Rio (início de novembro) ficamos por lá e viemos para Santos. A previsão é que pare em Rio Grande (RS) no dia 23 e no dia 2 seguiremos para Buenos Aires”.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.