11ª edição do Ubatuba Sailing Festival será Campeonato Paulista de Vela de Oceano

0
1058

Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

Seguem os preparativos finais para o segundo evento do calendário da Vela de Oceano da ABVO (Associação Brasileira de Vela de Oceano) após a quarentena. A cidade de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, irá receber o Ubatuba Sailing Festival a partir da próxima sexta-feira, dia 5 de setembro, até o domingo, dia 7.

A competição, que vem se tornando uma das principais do calendário nacional, é sediada pelo Ubatuba Iate Clube e será o Campeonato Paulista de Vela de Oceano nas categorias IRC e BRA-RGS com uma regata longa de percurso de 30 milhas no primeiro dia e nos demais regatas barla-sota.

Esta edição terá as presenças ilustres dos medalhistas olímpicos Torben Grael, bicampeão Olímpico na classe Star em 1996 Atlanta, nos EUA, e 2004 em Atenas, na Grécia, e Lars Grael, duas vezes Bronze em 1988 em Seul, na Coreia do Sul, e 1996, ambos pela classe Tornado.

“Estamos muito felizes com a participação do Lars e do Torben Grael, eles têm participado regularmente desse nosso campeonato. O Lars deve estrear seu novo veleiro um IMX 40 Avohai na categoria. Já o Torben deve vir com seu magnífico Columbia 50”, declarou Alex Calabria, organizador do evento.

Por conta da pandemia da Covid-19, o evento está se programando para tomar todas as medidas necessárias de distanciamento: “O UIC está se preparando para receber os competidores da Ubatuba Sailing Festival em tempos de pandemia. Com o apoio da Secretaria de Esportes e da vigilância sanitária de Ubatuba, realizaremos um campeonato seguindo todos os protocolos e recomendações sanitárias. Mesmo com todas as restrições impostas pela Covid-19, o clube espera de braços abertos os velejadores e está trabalhando para um evento muito técnico e, ao mesmo tempo, hospitaleiro. O clube disponibilizará, em espaços estratégicos, totens com álcool gel para todos os competidores; a secretaria da competição será montada numa área ao ar livre próximo à piscina, onde apenas os comandantes irão retirar as bolsas da tripulação com o kit velejador com as informações da regata, camisetas do evento, álcool em gel e a máscaras de uso obrigatório. Além disso, como anunciado, será nesse momento também que os comandantes das cinco primeiras embarcações inscritas retirarão seus brindes”, informou Alex.

Leia também

» Estúdio holandês cria inusitada embarcação sustentável que se eleva sobre as águas

» Saiba tudo sobre Electricat, um catamarã inflável elétrico movido a energia solar

» Os 10 melhores destinos para barcos nos Estados Unidos. Conheça

“Devido à pandemia, para evitar aglomerações, as cerimônias de premiação serão exclusivas dos comandantes de cada embarcação que também não poderão levar acompanhantes. Estas cerimônias serão transmitidas ao vivo pelo Youtube no canal exclusivo do Ubatuba Iate Clube”, complementou ele, dizendo, ainda, que a cerveja e o kit com petiscos estarão garantidos e poderão ser retirados numa área reservada próxima a rampa do píer para serem consumidos quentinhos nas embarcações.

Outra novidade é mais um teste do sistema de rastreamento montado pelo comandante Bayard Filho, do Inaê 40 em parceria com a ABVO para monitoramento dos veleiros ao longo das regatas através do aplicativo RaceQS. “Todas as embarcações serão convidadas a utilizarem um dispositivo de rastreamento pelos seus celulares. Trata-se de um aplicativo chamado RaceQs que registra dados de navegação com seu telefone e cria um replay 3D de sua regata online. O Comandante Bayard, do veleiro Inae 40 é o embaixador do dispositivo e ele já preparou um vídeo específico de como ajustar os celulares na embarcação antes das regatas. O vídeo, estará disponível em nosso site e no grupo de whatsap de velejadores inscritos”.

Alguns dos barcos já confirmados são o  Avohai IMX 40 de Lars Grael, de Niterói (RJ), King (ex-Khrisna Pajero), Xamã (ex-Angela Star), do Rio de Janeiro (RJ). Ainda do estado do Rio, de Niterói, virá o Mahalo. O evento já tem barcos confirmados também de Angra dos Reis (RJ) e Ilhabela (SP). Até o momento 19 barcos já estão inscritos com expectativa de 30 até 40 veleiros na raia.

Homenagem a Torben Grael e aos 15 anos da saga do Brasil 1

Nesta 11º edição do USF, o Brasil 1 será o barco homenageadono troféu. Há 15 anos, o veleiro levava o nome do país na Volvo Ocean Race na aventura pelo mundo. “O Brasil 1, veleiro já icônico, projeto do Bruce Farr será o homenageado desta edição, com uma cuidadosa reprodução em escala que será o troféu dos vencedores com dedicatória”, seguiu Alex.

Além dessa homenagem, no segundo dia na premiação dos vencedores do primeiro dia de regatas, Torben Grael será homenageado por tudo o que realizou para a vela brasileira em sua carreira.

As inscrições seguem abertas e podem ser feitas pelo Aviso de Regata disponível no site e nas redes sociais da ABVO.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

Teste Schaefer 770