Marinha do Brasil registra aumento de 18% de atendimento ao público no primeiro semestre

0
448

A Diretoria de Portos e Costas (DPC), representante da Autoridade Marítima Brasileira, apresentou balanço do primeiro semestre de 2017 relacionado aos serviços de atendimento ao público que são prestados pelas 27 Capitanias, 14 Delegacias, 22 Agências que integram o Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário (SSTA). Nos primeiros seis meses de 2017, a DPC registrou o número total de 137.693 documentos ou serviços solicitados pelos usuários, contra 116.752 no mesmo período em 2016, representando um acréscimo de 18% no atendimento à sociedade. Foram efetuadas ainda 341.739 consultas externas via internet, contra 213.040, refletindo um acréscimo de 60% em relação ao 1º semestre de 2016.

Desde que o Sistema de Atendimento ao Público (SISAP) foi implantado pela Marinha do Brasil (MB), em 2012, até agora, as solicitações ultrapassaram a expressiva marca de mais de um milhão (1.000.000) de protocolos de demandas dos mais de 170 serviços prestados pelas Capitanias, Delegacias e Agências, bem como pelos Centros de Instrução do Ensino Profissional Marítimo (CIAGA e CIABA). Além da marca atingida, o SISAP registrou, ao longo dos seus cinco anos de existência, mais de 1.850.000 consultas externas via internet.

O sistema foi criado com o propósito de aprimorar os serviços e as atividades oferecidas às comunidades marítima e portuária, ampliando a transparência e a interatividade entre a MB e o público externo, ao permitir que o usuário acompanhe o andamento de seu processo pela internet. Ao dar entrada em seu pedido na Organização Militar, o interessado cadastra seu e-mail e o número de telefone celular para receber as informações e ter conhecimento das eventuais pendências a serem solucionadas, evitando deslocamentos desnecessários e agilizando a conclusão dos pedidos.