Fibrafort realiza medidas preventivas para proteger produção

0
2076

O estaleiro catarinense Fibrafort, o maior em número de barcos de fibra produzidos no Brasil, comunicou, na noite desta segunda (7), que “decidiu tomar medidas preventivas visando proteger a empresa e garantir sua continuidade a longo prazo”. Entre as medidas, a nota informa que a marca protocolou, no dia 03 de novembro de 2016, no fórum da comarca de Itajaí/SC, o pedido de recuperação judicial.

Em entrevista ao portal de NÁUTICA, o presidente da Fibrafort, Márcio Ferreira, afirmou que o estaleiro seguirá operando normalmente durante o processo, para garantir as entregas em dia, e que todos na fábrica estão comprometidos e motivados para trabalhar por uma rápida recuperação. “O nosso quadro de 140 funcionários não será alterado assim como o DNA dos nossos barcos, ou seja, manteremos o foco na qualidade e na segurança da navegação”, afirma Márcio, que já planeja ações para potencializar o volume de negócios para o próximo ano, como intensificar a participação do estaleiro em eventos internacionais.