Conselheiros escolhem líderes da comodoria e conselho do Yacht Club de Ilhabela

0
650
Foto: Edu Grigaitis

O Conselho Deliberativo do YCI reuniu-se em assembleia ordinária na noite da última terça-feira, 18, para eleger seu presidente e vice, os conselheiros fiscais, membros da comissão de justiça e disciplina e o comodoro e vice-comodoro do clube.

A reunião foi aberta pelo associado Flávio Oliva, na condição de presidente da assembleia geral que se iniciou com a eleição dos conselheiros, realizada em 16 de março. Flávio conduziu a votação para escolha do presidente e vice.

Concorriam aos cargos de presidente os conselheiros Augusto Cesar Patrício de Azambuja Filho e Carlos Eduardo de Macedo Costa e, a vice-presidente, os associados Alex Costa Pereira e Tácito Monteiro Filho.

Após a votação, Carlos Eduardo de Macedo Costa foi eleito presidente do Conselho e Alex Costa Pereira vice-presidente do colegiado.

Ao assumir a presidência, Carlos Eduardo de Macedo Costa conduziu as demais votações, propondo que as candidaturas de José Yunes e José Luiz Gandini, fossem ratificadas por aclamação, já que eram os únicos candidatos aos cargos de comodoro e vice-comodoro, respectivamente.

Os conselheiros, por unanimidade e aclamação conduziram a dupla aos cargos pleiteados.

Alex Costa Pereira, José Yunes, Carlos Eduardo de Macedo Costa e José Luiz Gandini, eleitos para a comodoria e presidência do conselho (Foto: Divulgação)

Em seguida, foram eleitos membros do conselho fiscal os conselheiros Marcus Vinícius Assumpção Lopes, José Romariz Filho e Sergio Canestrelli.

A última eleição da noite foi para compor a comissão de justiça e disciplina tendo sido eleitos os associados Alfredo Flandoli, Frederico Loureiro e Roberto Moreira Lima.

O comodoro José Yunes agradeceu o apoio dos conselheiros e ressaltou que fará uma gestão voltada aos interesses dos associados e que conta com os membros do conselho no apoio às atividades da diretoria em prol do bem comum do clube.

O vice-comodoro, José Luiz Gandini, comentou sua disposição de também contribuir para a construção de um clube em que o grupo de associados possa se sentir cada vez mais acolhido.

Carlos Eduardo de Macedo Costa, que já foi comodoro e presidente do conselho, agora reeleito para o cargo, lembrou que as questões de divergência eleitoral agora ficam no passado e que na condução dos trabalhos do conselho se pautará pelo bem comum do Yacht Club de Ilhabela.

Os novos líderes da comodoria e conselho, bem como os conselheiros fiscais e membros da comissão de justiça e disciplina assumiram de imediato os seus cargos.